Provavelmente o blog mais (des)interessante que conheceste ... Sobre tudo, sobre nada, sobre ti, sobre nós, sobre ... TUDO!!

'Cada pessoa tem uma função na nossa vida ...'

 

Esta foto, remete ao ano 2006, já lá vão 4 anos! E quando olho para ela, só me lembro de uma palavra AMIZADE! Nunca fomos de discutir, nunca fomos de nos zangar, cada uma no seu canto e só nos arrufavamos quando havia pessoas no meio, porque entre nós sempre resolvemos muito bem as situações!

Em 4 anos, posso garantir que aprendi o que era uma amizade verdadeira, sem stree's e de repente puff, sinto-me enrolada na areia da praia, com as ideias confusas e para não te magoar, afastei-me! Para reflectir, para repensar ... talvez um dia te dissesse aquilo que tinha acontecido comigo, mas não agora, aqui! Não neste momento, por saber o que já sofreste com amizades! Não neste momento, por saber o quanto importante é importante a amizade para nós e quantas vezes falamos em sermos velhinhas e rirmos com as histórias do passado.

Há dias que andava para fazer este post, mas ainda não tinha encontrado a resposta correcta e certa às minhas dúvidas, talvez também ainda não tenha encontrado, mas o que é certo é que se há coisa que não consigo fazer é dormir, com coisas por resolver. Não é coisas banais, mas sim coisas que são realmente importantes para mim. E esta é uma delas! Porque sabes o valor que dou à amizade, verdadeira! Ambas já passamos por dissabores de amizades, que pareciam tudo e afinal não eram nada. Mas também sei que nem eu, nem tu, algum dia tivemos a amizade que temos (e espero manté-la). O que é certo é que a liberdade de uma, termina quando começa a liberdade da outra e talvez tu não tenhas reparado nisso ou talvez eu também não te tenha dito onde é que terminava uma e começava outra. Não me magoaste ao ponto de não te querer ver nunca mais, nada disso ... apenas não nos respeitamos uma a outra. 

O problema é eu achar que as pessoas com quem me dou, são boas e jamais me fariam mal, mas o que é certo é que quanto mais as conheço, mais vontade tenho de não as conhecer. E o meu MAIOR problema é achar que tudo o que digo às outras pessoas, é compreendido da forma como o sinto, e não com maldade, não com vontade de magoar as pessoas. O que era uma coisas simples, ficou uma coisa COMPLICADA! Porque existem pessoas mexericas e que não se contém em dizer, como amigas que se dizem ser 'olha acho que devias de falar com X, pois acho que ela precisa de uma boa conversa', ou simplesmente NÃO DISSEREM NADA, porque simplesmente não lhes diz respeito o assunto e só porque lhe disseram uma coisa de uma outra pessoa não se quer dizer que se vá a correr contar, só para se manter amiga.

 

Espero que esta situação se resolva o mais rapidamente e que venha a fortalecer a nossa amizade e que nos possamos vir a rir com a situação. Pois nem eu nem tu, jamais se esqueceremos uma da outra, não só pelos bons momentos que passamos, mas também pelos maus. Pelas situações que vivemos juntas e por tudo aquilo que demos (sentimentalmente) uma a outra, as horas ao telefone, as visitas e os passeios, entre outros.

 

E acredita que quando olho para estas fotos e sinto que já passaram mais de 4 anos, contigo .. sinto como se fosse ontem, no liceu à conversa com a nossa turma e lá estavas tu. Não te sempre, mas para sempre e porque há pessoas que tem uma função nas nossas vidas, tu tens uma na minha ...! Fim

 

Joana

Tem ar de ter sido escrido por ... oAntónioEaJoana às 00:26 |
Ouvindo ... : I Look Ypu
Fico contente por reparar que o teu "discurso" já mudou um pouco em relação ao que falámos no sábado...
Oxalá tudo se resolva! =)
António a 11 de Fevereiro de 2010 às 14:23