Provavelmente o blog mais (des)interessante que conheceste ... Sobre tudo, sobre nada, sobre ti, sobre nós, sobre ... TUDO!!

 

Dizem por vezes que as pessoas podem ser como o vinho do Porto, que há medida que os anos passam, vão "apurando" e tornado-se cada vez melhores... Por muito que tentem Herman, não é claramente um desses casos. Acreditem que me deixa mesmo, mesmo triste perceber no ponto de "decadência artística" que ele caíu... =/ Ontem vi-o num programa de televisão e posso vos garantir que é neste momento "apenas" um factor destabilizador onde quer que vá, pois o reportório já não é o de antigamente e digamos também em abono da verdade que o estatuto também não! Assim "agarra-se" a pidadas que chegam ali a "roçar" o porco ou o pornográfico para conseguir voltar a ter alguma graça. Juro que admiro-o por tudo o que fez no humor em Portugal e para mim ele será sempre o ícone da gargalhada, mais até do que Raúl Solnado e muitos outros, mas sinceramente aflige-me ver que neste momento não existe nenhum lugar para o colocar...pois já saíu de todos os canais por onde andou e passou e nalguns deles saíu sempre com mágoa e neste momento apenas vai aparecendo quase que "por faor" (e nalguns casos também como reconhecimento do mérito de outrora) para "encher" qualquer coisa num qualquer programa. Fico triste porque acho que ele podia ter saído pela porta grande...porque podia se ter reservado muito mais, mas não...quis demonstrar que a SIC estava errada, a RTP estava errada e todos os que diziam que ele estava acabado por humor estavam errados, mas o pior...é que não estavam mesmo! Já não tenho o prazer que tinha em vê-lo fazer humor, até porque como já disse, tudo me soa neste momento a algo forçado e/ou pornográfico para conseguir "arrancar" alguma piada....

 

Para terminar, apenas 3 pontos:

 

-Chorei a rir a ver os sketchs "Nelo&Idália"

-É o maior humorista em Portugal (apesar de não ser português)

-Talvez lhe devesse ter sido reconhecido o mérito na altura certa e não agora...que já vem muito fora de tempo

 

And no...you're not dead yet but....on television...you're almost dead Mr. Herman! ... Unfortanelly... =(

 

António

Tem ar de ter sido escrido por ... oAntónioEaJoana às 14:33 |
Sinto-me ... : "com resmas de gajas boas" =D
Ouvindo ... : És tão boa... És tão boa... lol

 

“ Ai meu amor, o que eu já chorei por ti e sempre pra sempre gostarei de ti …”
 
Não sei se algum dia irás ler, é certo que já imaginei este post de diversas maneiras, com várias frases, várias palavras, um texto longo … muita imaginação (diga-se de passagem). Mas no fundo o que te queria contar era uma lindaaaa história, história essa onde tu és protagonista! Talvez não te o diga todos os dias, mas tu foste sem dúvida a melhor coisa que aconteceu nos últimos quatro anos, pois é e é por isso que este post tem tudo haver contigo, comigo, connosco! Já lá vão quatro anos e tenho à minha frente um quadro com diversas fotos nossas, em fases diferentes, em sítios diferentes, em momentos diferentes, talvez até em anos diferentes e o que é certo é que vejo tudo de bom, até mesmo o que foi mau, foi bom! Estranho não é?
Na realidade, enches me o coração de coisas boas, de momentos inexplicáveis - e apesar de querer sempre mais -  acabei por não dar valor aqueles que já me deste e agradecer-te. Não penses que não amei, porque amei todos eles cada dia mais, cada dia de uma maneira diferente, cada um de um jeitinho tão especial, tão terno, tão nosso (mas acho que é mesmo do sexo feminino, querer sempre mais e mais).
            Já rimos, já chorámos, já gritamos, já corremos, já tiramos imensas fotografias, já tivemos ciúmes, já demos um tempo, já visitámos muitos sítios, já dormimos juntos, já fizemos amor, já fizemos sexo … já vivemos! Eu já cresci imenso contigo, já te pedi que abrandasses o passo, já te pedi para cresceres! Foi bom não foi? Eu amei todos estes momentos. Gosto tanto de ti, gosto quando ficas aqui comigo, quando me fazes rir, quando rimos de coisas parvas, gosto quando fazes o lanche e quando te enroscas comigo na cama.
            E é por isso que eu não me canso de te dizer que te amo e que quero passar contigo todos os meus bons e maus momentos porque sei que estarás lá.
“ Um ponto de luz, que me seduz. Acesso na alma. Um ponto de luz, que conduz. Acesso na alma. (…) liberta-me a mente.”
            Mesmo que um dia e não ponho isso como impossível, a nossa relação termine, terei por ti sempre, mas sempre um carinho muito especial, porque és sem duvida um bom homem, um bom coração, um homem verdadeiro, com os seus defeitos claro. Até lá viveremos “mais um dia de magia, de ternura e emoção (…)” :D

 Joana

Tem ar de ter sido escrido por ... oAntónioEaJoana às 00:47 |
Sinto-me ... : apaixonada!
Ouvindo ... : Sara Tavares - Ponto de Luz